Melhores plataformas de e-commerce: qual escolher? [GUIA]

Se você está começando um negócio no mundo virtual, com certeza precisa de uma ótima base. Conhecer as melhores plataformas de e-commerce suas funcionalidades é talvez, o mais importante passo para decidir o futuro da sua loja virtual.

Existem várias opções no mercado, e isso pode acabar te confundindo. Nesse artigo eu vou te apresentar os vários tipos de plataformas disponíveis para você poder decidir qual delas será a ideal para o seu negócio.

Afinal de contas, assim como é importante definir o seu plano de negócios e saber quem é o seu público-alvo, escolher uma boa plataforma é essencial para atingir metas de sucesso.

O mercado não é pequeno, há uma infinidade de plataformas de e-commerce disponíveis, todas com ótimos recursos e funcionalidades diferentes umas das outras.

Em meio a esta infinidade de plataformas, fica difícil escolher a melhor para cada tipo de loja, uma vez que é necessário avaliar diversos fatores que serão cruciais para a tomada de decisão.

Por isso estou avaliando quatro plataformas open source de e-commerce, que considero as melhores.

Conheça as melhores plataformas de e-commerce

Se você deseja vender on-line, um dos primeiros passos que precisa tomar é conhecer as melhores plataformas de e-commerce e entender quais delas mais se adequam à necessidade da sua empresa.

Mais do que apenas o layout da sua loja, essas plataformas podem ser decisivas em alguns aspectos técnicos de logística e administração, o que garante que a sua empresa terá uma vantagem competitiva logo de cara.

Mas, com tantas opções no mercado, pode ser difícil entender quais delas são as melhores. Para te ajudar, elencamos as principais plataformas e suas características mais marcantes. Vamos conhecer mais sobre o assunto?

Magento

A Magento é uma das mais populares plataformas de e-commerce do mercado atual. Integrando o grupo Adobe desde 2018, essa solução é uma referência em flexibilidade e personalização, já que seu código é aberto para modificações.

De longe, essa é uma das plataformas com mais recursos avançados: ferramentas de omnichannel, integração e mais. Por isso – e também pelo seu custo mais elevado – ela é muito utilizada por grandes empresas, como a Nike e a Saraiva, por exemplo.

No entanto, é preciso lembrarmos que essa não é uma plataforma amigável, em termos de usabilidade, ainda que seja rica em funcionalidades. Por isso, pode levar um tempo até que você se familiarize com todos os seus recursos.

Além disso, a Magento é otimizada para SEO, ou seja, ajudar a sua loja a performar melhor nas buscas orgânicas em sites como o Google e o Bing.

WooCommerce

O WooCommerce é um plugin feito especialmente para transformar blogs e sites na plataforma WordPress em lojas virtuais.

Esse é um recurso adaptável e muito flexível, sendo a escolha preferida de blogueiros e empresas menores, que desejam atrelar conteúdo às suas vendas.

Sites que usam o WooCommerce têm, por exemplo, diversas opções de pagamento, suporte para atendimento on-line de clientes e adição de uma série de funcionalidades à loja virtual.

Leia também:

PrestaShop

A PrestaShop é uma plataforma de e-commerce dedicada, diferente do WooCommerce, que funciona a partir do WordPress. Ela permite a criação rápida e descomplicada de uma loja virtual em pouco tempo.

Essa também está entre as melhores plataformas de e-commerce porque é fácil de usar e conta com um layout moderno, com sistemas avançados de gerenciamento de produtos e variáveis.

Seus clientes terão acesso a diferentes opções de pagamento e páginas de check-out personalizadas. Uma ótima opção se você está procurando uma plataforma de e-commerce fora do WordPress!

OpenCart

O OpenCart pode ser descrito como uma solução que une os recursos do WooCommerce e do PrestaShop. Sendo uma plataforma intuitiva e fácil de manusear, ela permite que você construa uma loja virtual em passos relativamente simples.

Além disso, em seu painel de controle, você pode observar informações importantes sobre o andamento de suas vendas e a performance geral do seu negócio.

O OpenCart também permite bastante personalização, o que pode ser ótimo para diferenciar o seu e-commerce de outras lojas concorrentes.

Assim como outras plataformas desta lista, ele possui funções de SEO integradas, um recurso muito precioso se você deseja investir no posicionamento orgânico do seu e-commerce.

qual é a melhor plataforma de ecommerce?

Como escolher a melhor plataforma de e-commerce

Como você pode perceber, pode ser difícil escolher a plataforma de e-commerce que mais se adequa às necessidades da sua empresa. Afinal, todas elas têm os seus pontos fortes e fracos.

Para te ajudar nessa decisão, elencamos alguns dos principais pontos de atenção que devem estar no seu radar se você quiser fazer a melhor escolha de plataforma. Veja só:

A plataforma e o SEO

Você já deve saber que o Google é um aliado na busca de novos clientes, e que a otimização para os mecanismos de busca é um item fundamental para seu e-commerce. Verifique se a plataforma em que está interessado possui um SEO amigável.

Ela deve permitir o controle de meta tags, alteração na estrutura dos links permanentes, personalização na página dos produtos, recurso de avaliações nos produtos, criação de landing pages, sitemaps e por fim, deve possibilitar um layout responsivo para sua loja.

Marketing Digital

O marketing digital deve ser composto e integrado com a plataforma de e-commerce, e nunca deve ser deixado “para depois”. Lembrando que é muito importante que a plataforma permita integração com o Google Analytics, Adwords, Facebook Ads e outros recursos.

Dessa forma você pode trabalhar melhor as suas ações de marketing como, por exemplo, enviar e-mails, ou ainda, verificar qual campanha gera mais acessos para o seu negócio.

Integrações

Mesmo as melhores plataformas de e-commerce não funcionam sozinhas. Você ainda precisa de integração com parceiros de pagamento, logística e administração. Isso sem contar as integrações necessárias para campanhas de marketing e divulgação.

Por isso, saber as integrações que a sua plataforma de e-commerce preferida proporciona deve ser um fator decisivo no processo de escolha. Alguns dos pontos mais importantes no quesito integração são:

  • Customer Relationship Management (CRM): CRMs são sistemas criados para gerenciar o relacionamento com o cliente, automatizando funções de contato e otimização de campanhas, por exemplo.
  • Enterprise Resource Planning (ERP): ERPs são sistemas de organização e planejamento de recursos corporativos. Eles servem para organizar a sua loja virtual e fazer o registro de informações importantes, como as notas fiscais emitidas e os números de registro de produtos.
  • Redes sociais: sua plataforma de escolha precisa ter integração nativa com as redes sociais para que o compartilhamento de informações seja mais fácil e atrativo para os clientes, facilitando os esforços de divulgação.
  • Google: o Google oferece recursos avançados de análise de métricas, como o Google Analytics, por exemplo. Ele é essencial para entender como anda a performance do seu negócio e o que fazer para melhorá-la.

Além disso, o Google Ads permite a veiculação de anúncios de catálogo de forma automatizada. Sendo assim, a integração da sua plataforma de e-commerce com o Google é vital para o gerenciamento e o sucesso do seu negócio.

Comercialização

É muito importante você ficar atento ao escolher a plataforma, verifique se ela vai atender seus quesitos a médio e longo prazo. Uma dica é não ter pressa na escolha. Outro fator, são as formas de comercialização das plataformas:

  • Aluguel: é a forma mais usada, onde empresas criam a plataforma de e-commerce e alugam, cobrando uma taxa para instalação e uma mensalidade, que pode ser de acordo com a quantidade dos acessos da loja.
  • Venda: é quase igual ao aluguel de uma plataforma, mas não são cobradas as mensalidades. O código-fonte permanece como propriedade da desenvolvedora, e modificações e/ou atualizações deverão ser solicitadas à empresa proprietária.
  • Código aberto: são as plataformas sem custos, isso mesmo, você pode utilizar de forma gratuita na sua loja online. Porém, caso precise de modificações é necessário contratar um profissional ou agência especializada.
fatores para avaliar em uma plataforma de ecommerce

Dificuldades na escolha da plataforma de e-commerce

Se você está começando agora, acredito que deva ter várias dúvidas, vou citar alguns pontos que deve ter em mente e que vão te ajudar a direcionar melhor a escolha da plataforma de e-commerce.

  • Tamanho do estoque: sempre considere a quantidade de produtos que você vai vender.
  • Produto Digital ou Físico: essa é uma pergunta que você sempre deve fazer. A diferença entre produtos físicos ou digitais, por exemplo, é na hora do transporte.
  • Formas de Pagamento: priorize as plataformas que utilizam meios de pagamentos populares, como Paypal ou PagSeguro.
  • Hospedagem: uma plataforma com muitos recursos e sobrecarregada pode afetar diretamente a sua hospedagem.

Note que é importante fazer uma série de perguntas para si mesmo antes de escolher a plataforma de e-commerce.

Uma sugestão, é que para lojas com mais de 25 mil acessos mensais e uma média de 500 produtos, utilize-se a plataforma Magento com uma hospedagem Magento dedicada e personalizada para o seu negócio.

Agora se você está começando e tem no máximo 50 produtos, o WooCommerce no WordPress, OpenCart e PrestaShop se saem muito bem e podem facilmente atender os quesitos básicos para sua loja virtual.

Dê importância para quem tem tempo de mercado, visite outras lojas, pergunte a outros lojistas qual plataforma utilizam, como é o suporte prestado pelo desenvolvedor. Pesquise muito!

Hospedagem para e-commerce

Se você procura um serviço de hospedagem seguro, estável e confiável para hospedar o seu e-commerce.

Com mais de 23 anos de experiência no mercado, nós temos a estrutura necessária para ajudar a sua empresa a ir para o próximo nível!

Veja algumas das vantagens do serviço de hospedagem cloud para e-commerce que nós oferecemos:

  • Elasticidade: Você pode criar e modificar (upgrades e downgrades) configurações usando apenas alguns cliques, de forma a manter seu e-commerce pronto para responder melhor às campanhas de marketing digital ou datas especiais.
  • Velocidade: Capacidade de tráfego total acima de 4.5Tbps. Isso significa baixa latência para acessos de todos os continentes.
  • Redundância: A infraestrutura física de servidores que suporta nossa cloud está distribuída no Brasil, América do Norte e Europa.
  • Disponibilidade: Crie Instâncias Cloud on-line ou ative Cloud Servers entre 24 horas e, no máximo, 3 dias úteis (nas configurações mais avançadas).

Hospede o seu e-commerce com a SAN Internet! Visite nosso site agora e entre em contato com nossos especialistas!

Conclusão

Escolher a melhor plataforma de e-commerce para sua empresa é um passo importante na criação de site on-line robusta e bem-sucedida. Existem, no entanto, algumas variáveis a serem consideradas nesta decisão; as integrações e o SEO são apenas duas delas.

Neste artigo, apresentamos algumas das melhores plataformas de e-commerce presentes no mercado e como elas podem ajudar a sua empresa. Esperamos que este conteúdo tenha sido útil no seu processo de escolha!

Lembre-se sempre que, se precisar de ajuda com a hospedagem de sua loja virtual, os profissionais da SAN Internet estão sempre à postos. Visite nosso site para conhecer mais da nossa solução.

Deixe um comentário