O que é CRO e como otimizar a taxa de conversão no seu site?

Com a crescente competitividade entre empresas dentro do ambiente digital, ter um site, hoje, não é mais suficiente para garantir conversões. Se a sua empresa quer vender mais, precisa investir em táticas de otimização para transformar leads em clientes rapidamente. 

E é aí que o CRO entra em cena. Você já ouviu falar dessa estratégia de marketing? 

Neste artigo, explicamos o que é CRO, qual a sua importância para o negócio, como aplicá-lo no seu site e quais as ferramentas mais utilizadas para aumentar a conversão. Vamos começar? 

O que é CRO?

CRO nada mais é do que a sigla para Conversion Rate Optimization. Em tradução livre, esse conceito pode ser entendido como a otimização da taxa de conversão; um conjunto de técnicas utilizadas para melhorar o desempenho de vendas de um site. 

Quando falamos em conversão, não estamos nos referindo apenas às compras, embora elas sejam muito importantes. O CRO também pode ser aplicado para conversões não monetárias, como o preenchimento de um formulário, o contato com um vendedor ou o download de determinado conteúdo. 

Mas, como essa otimização é feita? Por meio de testes, essencialmente. Uma mesma página pode ter diferentes versões, por exemplo, que têm as suas performances comparadas após um determinado período de tempo, ajudando a entender qual é mais eficiente em gerar conversões. 

Entenda a importância para o seu site

Ainda que o seu site atraia muitos visitantes orgânicos (ou seja, aqueles que não vêm de anúncios) cada visita tem um custo, seja no investimento em SEO, ou na própria estrutura de servidores de um site. 

Por isso, nenhum site pode manter-se lucrativo em longo prazo, se não for otimizado para tirar o máximo proveito do tráfego que atrai. O papel do CRO é aumentar as chances de que visitantes façam uma compra, tornando mais fácil que a sua empresa atinja seus objetivos de marketing. 

Na prática, o CRO pode ajudar a sua empresa a… 

  • Economizar mais dinheiro com campanhas e outros esforços de marketing; 
  • Aumentar o ticket médio de cada compra; 
  • Ter melhores resultados, sem aumentar a carga de trabalho.

CRO na prática: 4 etapas para otimizar a sua conversão

O CRO, como você pode perceber, é um método bastante prático, que segue diretrizes bem delimitadas sobre como a otimização deve ser feita. 

A seguir, elencamos alguns dos passos principais para tirar a estratégia de CRO do papel de começar a aplicá-la em seus esforços de marketing. Estes são passos básicos, que podem – e devem, na verdade – ser adaptados à realidade de sua companhia.  Confira! 

1. Análise de dados do site

O primeiro passo para a construção de uma estratégia de CRO é a coleta de informações de uso do seu site. Para fazer essa coleta, você pode usar ferramentas como o Google Analytics, Hotjar e o Crazy Egg, por exemplo. 

Alguns indicadores que podem ser importantes são: 

  • Taxa de rejeição;
  • Tempo de permanência na página; 
  • Páginas de saída;
  • Páginas com o maior número de conversões; 
  • E etc. 

Após a coleta destes dados, é importante que você analise-os com cuidado, levando em consideração o seu público-alvo e o tipo de produto que você deseja vender.

Algumas ferramentas possibilitam que você coloque pesquisas de opinião na própria página. Este é um recurso valioso se você deseja entender de maneira mais qualificada como o seu site é utilizado e quais são as impressões de seus usuários. 

2. Formulação de hipóteses

Por mais que os dados sejam importantes, eles não podem contribuir tanto assim para o entendimento do seu site quando estão isolados. Eles precisam de um contexto, uma aplicação. 

Sendo assim, analise as informações cuidadosamente e crie hipóteses relacionadas ao funcionamento do seu site. 

Por exemplo, uma página que está performando mal pode estar com um carregamento lento, ou um texto que não é muito claro. Elenque todas as possibilidades e teste-as! Falaremos sobre isso no próximo tópico. 

3. Implementação de testes

Uma vez que os dados estão coletados, e as hipóteses estão feitas, é hora de colocá-las em prática, por meio de testes. 

Os testes mais populares dentro do CRO são os testes A/B, que consistem na duplicação de uma página, com a mudança de apenas um elemento. Assim, parte do tráfego de seu site tem contato com uma versão, enquanto outra parte, tem contato com outra. 

Dessa maneira, fica mais fácil entender se determinado elemento impacta a usabilidade dos visitantes. Alguns dos elementos que podem ser alterados em testes A/B são: 

  • Botões;
  • CTAs;
  • Títulos;
  • Intertítulos;
  • Imagens;
  • Campos de formulário;
  • Posição de elementos na página;
  • E mais!

4. Análise dos resultados

O CRO é uma tática de marketing que requer um pouco de paciência, afinal, pode levar um tempo até que os resultados de um teste se tornem claros. Por isso, a análise minuciosa de todos os resultados é um passo crucial.

Nesse estágio do processo, você precisa entender as variáveis dos testes e determinar como elas impactaram a usabilidade de seu site, seja para o bem ou para o mal. Então, se as mudanças foram positivas, você pode torná-las permanentes. 

Ferramentas para CRO

Utilizar as técnicas de CRO em seu marketing é um esforço e tanto. Mas, felizmente, existem diversas ferramentas de automação que tornam este recurso possível. A seguir, vamos elencar algumas delas: 

Para analisar métricas

  • Google Analytics;
  • VWO Insights;
  • Mixpanel;
  • Heap Analytics;
  • Userpeek;
  • Kissmetrics.

Para conduzir pesquisas

Para fazer testes

  • Crazyegg;
  • Unbounce;
  • Hotjar.
cro marketing

Dicas para melhorar a conversão em seu e-commerce

Agora que você já sabe o que é o CRO, qual o seu papel dentro da estratégia de marketing e quais as principais ferramentas usadas nessa abordagem, que tal algumas dicas práticas de como melhorar a conversão de um e-commerce? Confira: 

  • Faça testes A/B simultâneos;
  • Mapeie as postagens com maior tráfego e otimize-as; 
  • Utilize chatbots para tirar as dúvidas mais comuns e agilizar o atendimento; 
  • Invista em campanhas de remarketing;
  • Tenha paciência ao testar as hipóteses de otimização; 
  • Não teste várias variáveis de uma só vez.

Leia também: Guia definitivo: como aumentar a velocidade do site WordPress

Conclusão

A conversão é um dos objetivos mais importantes para empresas que têm presença no digital. Mas, com a crescente competitividade e o comportamento sempre dinâmico dos consumidores, pode ser difícil fazer meros visitantes de seu site tornarem-se compradores assíduos. 

As estratégias de CRO aplicadas ao marketing procuram reverter este cenário. Com a coleta de dados eficientes, elaboração de hipóteses e a aplicação de testes, o CRO é capaz de otimizar páginas para aumentar a taxa de conversão.

Neste artigo, explicamos como o CRO funciona e como aplicá-lo em sua empresa. Para aprender mais sobre gerenciamento de e-commerces, hospedagem de sites e muito mais, visite o blog da SAN Internet. 

Deixe um comentário